Coração que Pulsa

by Grupo Desportivo e Cultural de Castelo de Paiva

À conversa com o nosso presidente















Coração que pulsa associa-se ao 26º aniversário do GDCCP e entrevista Manuel da Rocha Vieira



Manuel Vieira, parabéns ao nosso Grupo Desportivo, e antes de te colocar as questões que pretendo fazer diz-nos: o que é o Grupo Desportivo?

É-me fácil falar sobre o nosso Grupo Desportivo. Esta colectividade pensada em 1987 tinha como objectivo proporcionar às gentes de Castelo de Paiva, um projecto inovador na área do desporto e cultura. Era o 25 de Abril, desportivo e cultural a chegar a Castelo de Paiva. E chegou pela mão de gente simples, gente que conseguiu manter-se unida (salvo raras excepções) apesar, de naturalmente, terem conceitos de diferença na execução do projecto, construindo-o ajustado à terra, às necessidades e ao tempo. Sempre procuramos envolver toda a nossa comunidade, não queriamos, não queremos, lidar com a indiferença, respeitamos quem não nos compreendia, não compreende, e eram, são muitos. Queriamos provar que o que se diz, as coisas em Castelo de Paiva duram pouco tempo, não era uma verdade absoluta, e não era de facto. Hoje ao historiar a nossa vida, sinto-me feliz por fazer parte deste Grupo Desportivo e Cultural, que em uma terra pobre, não só de bens materiais, conseguiu transformar-se em uma bandeira, em embaixadores da boa imagem de uma terra, Castelo de Paiva, que sempre nos esforçamos por honrar.



Depreende-se uma grande vaidade no trabalho realizado?

Aceito a provocação. Vaidade e das grandes, criamos um conceito novo, envolvemos centenas de pessoas, fizemo-nos respeitar.



Como não foges às questões, aqui vai uma trivial. Sois apoiados?

Somos! A nível financeiro e de espaços pela Câmara Municipal, Junta de Freguesia, temos tido, também apoio pontual de alguns empresários e de cidadãos individuais.



Os apoios são a contento?

Não! Não tem existido critério na atribuição dos apoios financeiros e de espaços. Dá-se a esmo e corta-se a eito. Não há em Castelo de Paiva, cultura negocial, aqui há uma certa lógica bipolar, ou se é-se preto ou branco, ou se é-se bom ou mau, ou és dos meus e tornas-te passivo ou és dos outros e és um alvo a abater.




Notamos uma certa contradição dizes que "ou és dos meus e tornas-te passivo ou és dos outros e és um alvo a abater", como explicas a vossa pujança quando tu não és um alinhado, portanto serás um alvo a abater.

A nossa pujança advém de uma certa grandeza ética que tem existido no Grupo Desportivo. Temos sido servidos por excelentes pessoas que dentro da colectividade têm sabido separar as àguas, esse tem sido o nosso bom "segredo"... Criamos a nossa cultura desportiva e cultural... um conceito muito próprio.



Há a ideia que o Grupo Desportivo gravita à tua volta, é verdade?

O Grupo Desportivo tem sido mote de discussão e de comparação. Somos mencionados pela força do nosso colectivo, o que atesta que apostamos nas pessoas e não na minha figura. Iremos ter eleições muito em breve, tenho a certeza de que no nosso universo iremos encontrar soluções para que possamos encarar o futuro sem sobressaltos. Tenho a convicção de que os futuros timoneiros a sair do próximo acto eleitoral irão dar a adequada resposta à pergunta.



Qual a prenda, já que estamos a comemorar mais um aniversário, que gostarias de receber?

É pública... tem "barbas"! A prenda que quero, queremos e merecemos é o parque urbano, um espaço público onde em segurança consigamos exercer e aperfeiçoar os métodos de treino. Algumas pessoas pensam e dizem que não nos assiste razão reivindicativa porque na quinta do pinheiro está a nascer essa estrutura, mas não, na quinta do pinheiro na melhor das hipóteses iremos ter uma esplanada, mini espaço de lazer, zona de pouca acção. O que nós, Castelo de Paiva, precisamos é de um espaço que proporcione mobilidade aos apreciadores do lúdico e também daqueles que trabalham o corpo para práticas de rendimento. Defendemos uma melhor qualidade de vida e curioso o que pedimos é mais barato do que o que está anunciado.



Deixa uma mensagem a quem nos lê.

Com a máxima estima endosso uma saudação especial a todos que praticam actividades no Grupo Desportivo, Karaté, Ciclismo, Ballet, Ginástica, Yoga e Atletismo, a todos os seccionistas, treinadores, dirigentes, associados, colaboradores e patrocinadores. Uma saudação muito especial à rádio de Castelo de Paiva e ao Jornal de Paiva. Um obrigado, também a outros meios de comunicação que têm contribuido para levar por este Portugal, este mundo fora o conhecimento daquilo que fazemos. Não posso deixar de envolver neste agradecimento a Câmara Municipal de Castelo de Paiva e Junta de Freguesia e a nossa congénere ADCJ Clark nossa parceira em muitas actividades. Um grande abraço a todos os nossos adeptos espalhados por várias localidades. Foram muito bons estes 26 anos!



Sem comentários: